26
AGOSTO
2016

09:33
Compartilhar
40 anos – final
Em: 25/08/2016 às 08:09h por Onofre Ribeiro
Foi no começo da noite quente de 25 de agosto, em 1976, quando entrei na quase desabitada Avenida Fernando Correa, entrando em Cuiabá. Vindo de Brasília pra trabalhar na área de imprensa do governo, gestão Garcia Neto, a idéia era voltar assim que passasse a tempestade política da divisão do estado, que se daria em 1979. Jovem, ousado e disposto a mudar o mundo, como todos os jovens. A tempestade acabou e surgiu um mundo de novos desafios. Fiquei. Fiz bem. Hoje, cabelos levemente embranquecidos, filhos e netos, minha mulher Carmem e eu, estamos em casa! Aqui é a nossa casa.
Fiz e participei de um montão de coisas. Algumas aventuras bem loucas que os momentos exigiram. Sempre jornalista! Participei de momentos absolutamente históricos e convivi com grandes homens públicos e privados idealistas e sonhadores. Não ouso citar um, porque seria injusto com tantos. Estive dentro de quase todas as crises políticas desses últimos 40 anos, e participei da maioria dos grandes movimentos desafiadores desse nosso grande progresso.
Na imprensa tive raras oportunidades de grandes ousadias pessoais ou coletivas. Escrevo os artigos iniciados no dia 30 de junho de 1990 no jornal A Gazeta. Oportunidades... Leia mais
Compartilhar
40 anos – 3
Em: 24/08/2016 às 08:13h por Onofre Ribeiro
Não dá pra separar o crescimento enorme de Mato Grosso nesses 40 anos sem contar três fatores: 1- o desejo do governo federal de ocupar a Amazônia, a partir de 1973; 2- as migrações intensivas de gente do Sul e do Sudeste para Mato Grosso; 3- a miscigenação racial que ocorreu desde então. Os 598 mil habitantes da região Norte do antigo Mato Grosso saltou para 3.033 mil em 2010. É o resultado nas migrações entre 1970 e 1990. Depois foi o crescimento vegetativo da população marcado pela intensa mistura entre migrantes e mato-grossenses nativos. O que se tem hoje é uma profunda mistura dos DNAs de descendentes de europeus e asiáticos do Sul e do Sudeste, vindo pro Brasil no começo do século passado.
Aqui se fundiram social e geneticamente, produzindo um DNA muito inovador. De certo modo, o extraordinário crescimento econômico e urbano teve a ver com esse novo espírito empreendedor que se formou a partir das miscigenações tanto na capital como no interior. Especialmente nas áreas do agronegócio e da madeira. Pesquisa realizada na gestão do ex- prefeito Wilson Santos, mostrou que os jovens atuais em Cuiabá... Leia mais
Compartilhar
40 anos - 2
Em: 22/08/2016 às 08:47h por Onofre Ribeiro
Continuando a narrativa da história de Mato Grosso e a minha pessoal nesses 40 anos que completarei morando aqui, no próximo dia 25, gostaria de falar um pouco hoje sobre o espírito humano e cultural daquele momento. População pequena, território imenso, economia resumida à pecuária do Pantanal, com sede de seu poder econômico e político em Campo Grande. Cuiabá e as demais cidades do Norte do estado viviam de um grande sonho de futuro, configurado no slogan da gestão Garcia Neto (1975/1978): "Mato Grosso – Estado Solução". As cidades eram bem pequenas e viviam de economias muito locais, sem maiores perspectivas. Cuiabá, por exemplo, tinha 100 mil habitantes. Tudo girava em torno do poder público, e este em torno do governo federal.
Em 1973 o governo do presidente da República, Emílio Garrastazu Médici, decidiu implantar a "Marcha para o Oeste" e ocupar a Amazônia, partindo de Mato Groso pro Norte, no que chamou de "Integrar pra não entregar". O país vivia a paranóia militar da segurança. Porém, a Amazônia sofria mesmo ameaças internacionais de ocupação, fora a possibilidade de... Leia mais
Compartilhar
40 anos aqui – 1
Em: 21/08/2016 às 08:36h por Onofre Ribeiro
Peço licença aos leitores pra escrever esta série de quatro artigos que começa hoje e vai terminar na próxima quinta-feira. Na próxima quinta, dia 25, completo 40 anos morando em Mato Grosso. Por isso, esta série de artigos, numa tentativa de resgatar a minha história pessoal que, de certo modo, mistura-se à história de todos nós, a de Cuiabá e a de Mato Grosso. Na lista das pessoas com quem convivi desde aqueles tempos pioneiros a partir de 1976, vejo-me numa fila que lentamente desaparece e entra na História. Antes de todos desaparecermos, tento contar um pouco de estórias da História.
Começo contando como vim parar em Mato Grosso, no dia 25 de agosto de 1976, uma quarta-feira. Cheguei num Corcel 1969 de quatro portas. Vim sozinho. Carmem e os três filhos, André, Fábio e Marcelo ficaram em Brasília por conta da escola. Trabalhava no "Jornal de Brasília", como repórter em política. Por uma desses acasos loucos, acabei sendo sondado pra vir trabalhar no governo estadual. Por razões mal-explicadas, aceitei na hora, mesmo sabendo que não seria fácil. Vim conhecer Cuiabá em julho, acertei tudo e voltei... Leia mais
Compartilhar
Promessas prometidas
Em: 18/08/2016 às 08:52h por Onofre Ribeiro
Começou a campanha eleitoral de prefeitos e vereadores. É tempo de muitas promessas desesperadas e até desconectadas da área e de ação das prefeituras. Os candidatos a vereadores normalmente fazem muitas promessas enlouquecidas, pelo fato de não conhecerem os limites de ação do cargo. Na eleição de parlamentares federais em 2012 o candidato a deputado federal por São Paulo, o Tiririca brincou com isso. "Vou lá saber o que faz um deputado federal e depois conto pra vocês". Certamente descobriu, gostou e não contou.
Mas é com os prefeitos que a coisa pega, porque a sua ação depois de eleitos afetará profundamente a vida dos cidadãos da sua cidade. Na eleição de prefeito em Cuiabá já começaram as loucuras de promessas. Há quem prometa passagens gratuitas nos ônibus coletivos. Há quem prometa retomar a Sanecap e retorná-la à condição de empresa pública. Há quem prometa consertar a segurança pública. E há quem prometa transformar o VLT numa obra municipal. O que isso revela, perguntaria o leitor?
Revela o despreparo de conhecimentos... Leia mais

Mais artigos


Assembléia Legislativa
Idéias Vivas
 
Receber Newsletter
 
 

Onofre Ribeiro
onofreribeiro@terra.com.br | facebook.com/onofreribeiro
msn: astro285@hotmail.com